- Ache os Cursos e as Faculdades certas para você! Clique aqui!

- Bolsas de Estudo - são mais de 1.200 faculdades oferecendo descontos de até 75%! Saiba mais!

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Home : notícias

Pesquisadores espanhóis debatem Inovação no ensino superior na Univates

Fonte: Imprensa Univates

09/04/2015



Começou na terça-feira  (7/04), o workshop “Estratégias de inovação para o Ensino Superior”. O evento, com duração de três dias, épromovido pelo Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung) em parceria com a Univates é voltado a gestores e lideranças das instituições comunitárias de ensino superior. O objetivo é discutir a missão estratégica e o papel que as universidades devem assumir na melhoria econômica de suas regiões diante de um cenário de mudanças sociais, culturais, tecnológicas, econômicas e políticas.


O workshop é ministrado pelos gestores da Universidade Miguel Hernández (UMH), de Alicante, Espanha. Fernando Borrás Rocher, vice-Reitor de Investigação e Inovação da UMH e Tonia Salinas Miralles, gerente do Parque Científico. Els trazem a experiência da universidade espanhola, referência em inovação e gestão. Os debates versa, sobre a inovação dentro das universidades e em suas relações com a comunidade acadêmica (novas metodologias de ensino), com a sociedade (empreendedorismo e inovação tecnológica) e empresas (transferência tecnológica e de conhecimento).


A ideia de trazer os gestores da Universidade Miguel Hernández surgiu a partir do intercâmbio realizado pelo MBA em Gestão de Instituições de Ensino Superior, promovido pelo Comung. O grupo visitou no final de 2014 diversas universidades da europa. Entre as instituições visitadas estava a UMH que chamou a atenção pela gestão adotada. “A forma de gestão que a Miguel Hernández adota é muito eficaz, eles têm indicadores muito claros tanto do acompanhamento das produções científicas quanto de melhorias educacionais e alternativas de ensino. Investem em metodologias ativas de aprendizagem e em novas ferramentas de ensino à distância”, explica a Diretora do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Feevale, Maria Cristina Bohnenberger, uma das alunas do curso. A partir do intercâmbio, diversos contatos e parcerias com as instituições europeias foram estabelecidos.

 





Versão para impressão     Enviar para um amigo