Quem somos Contato Anuncie


Busca: Buscar

Newsletter

Assine e receba informações atualizadas no seu e-mail:

Cadastrar

Vestibular em

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Home : notícias

Universidade Já

Fonte: Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos

05/09/2011

 

Nesta segunda-feira (5/09, 16h)o Governo do Estado lançou uma nova perspectiva de acesso ao Ensino Superior para os alunos de baixa renda e oriundos de escolas públicas do Rio Grande do Sul. A Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos assinou o convênio para a implantação do curso "Universidade Já - Pré-vestibular do POD". São 750 vagas, inicialmente, a partir de outubro dentro do Programa de Oportunidades e Direitos (POD).

O projeto será desenvolvido através da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), que há oito anos oferece o curso junto à Universidade Federal de Santa Catarina (Pré-vestibular da UFSC). Naquele estado, o projeto tornou-se o principal curso preparatório para o vestibular, com 64% de aprovação entre os estudantes. Este ano, o projeto atende a 5 mil alunos e está presente em 29 cidades catarinenses. No Rio Grande do Sul, as aulas começarão em Porto Alegre, com 500 vagas, e Santa Maria, com 250. A partir do próximo ano, o projeto deve ser ampliado para outros municípios.

Podem participar do projeto alunos que tenham concluído ou que estejam cursando o terceiro ano do Ensino Médio em escola pública. Também será oportunizado o acesso ao pré-vestibular para pessoas que não estejam fazendo faculdade ou tenham concluído curso superior. Ainda faz parte dos requisitos a disponibilidade para frequentar as aulas de segunda a sexta-feira, no respectivo horário de aula da unidade do curso escolhido pelo candidato.

Os critérios de seleção são o histórico escolar do Ensino Médio e a renda socioeconômica familiar. Os dados serão avaliados, e quem tem as melhores notas e, comprovadamente, menor condição de pagar um curso particular tem preferência para a vaga. Não é aplicada prova. As inscrições serão feitas através da internet no portal do curso.

De acordo com o Secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, a intenção é oferecer um curso de alta qualidade aos estudantes de baixa renda. “Trata-se de um curso de ponta que não perde em nada para as instituições particulares, tanto em material didático quanto em professores gabaritados. Queremos que esses alunos tenham iguais condições de acesso ao Ensino Superior, pois isso muda a realidade da Universidade e do país”, afirma Fabiano, que visitou salas de aula e conversou com alunos em Santa Catarina no início de junho.

Trazer o curso para o Rio Grande do Sul era também uma intenção do coordenador e idealizador do projeto, professor Otávio Auler, que é gaúcho. “Sem dúvida, implementar uma iniciativa como essa no nosso Estado é uma realização, sobretudo pela qualidade do curso”, afirma Auler.

Para o coordenador de projetos e comunicação do Neif-Fapeu, Jessé Quevedo, a implantação do curso é resultado de muito trabalho e empenho da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos e da Fapeu, para “transformar a vida de estudantes e de suas famílias através da educação”. “Universidade Já é oportunidade e efetivamente direito de todos”, avalia Quevedo.

O processo seletivo começa na próxima semana (13/09), através do site.


Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Busca de cursos




Busca de faculdades




© 2011 - Rio Grande do Sul Vestibular - Todos os direitos Reservados